quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

A GALINHA DOS OVOS DE OURO


O ovo de ouro é a macrobiótica que dá a verdadeira saúde, a juventude, a beleza e a melhor compreensão. A galinha que põe os ovos de ouro é o principio único.
George Ohsawa

domingo, 6 de dezembro de 2015

O SEGREDO PARA SER ETERNAMENTE FELIZ NO CASAMENTO


Actualmente mais de 101% de todos os amores se tornam em desamores cedo ou tarde, e o casamento e os relacionamentos tornaram-se infernais, com guerra perpétua, ataques mútuos e destruição mutua, sem quase uma única excepção.
Quem for excepção a esta regra é um abençoado e não vive neste mundo.
O divorcio que deveria ser considerada uma doença rara, é a normalidade.
Antes mesmo de começarem já acabaram.
A que se deve isso?
Será que as pessoas são assim tão diabólicas?
Não na realidade muitas delas são belos anjos dualistas.

A causa dos desamores, e das relações infernais é o pensamento dualista, maquiavélico, belicista, excludente que não conhece a linguagem do amor que é a linguagem do Yin e Yang.
O Yin ama o Yang e o Yang ama o Yin.
Mas no pensamento dualista:
a virtude detesta o defeito;
a bondade detesta a maldade;
o amor detesta o ódio;
a certeza detesta a dúvida;
o dualismo é a linguagem do ódio perpétuo, a linguagem da raça das serpentes.

domingo, 18 de outubro de 2015

O SEGREDO DA FELICIDADE REVELADO A TODOS OS INFELIZES



A felicidade suprema é amar Yin e Yang, a felicidade efémera é amar Yin e odiar Yang, ou odiar Yin e amar Yang.

A felicidade suprema é ser líder e liderado ao mesmo tempo, a felicidade efémera é ser líder ou ser liderado, é por isso que os liderados sofrem as humilhações dos lideres e os lideres sofrem são humilhados pelos liderados.

A felicidade suprema é ser médico e doente ao mesmo tempo, a felicidade efémera é ser médico ou ser curado, é por isso que os médicos se tornam doentes e os que por eles foram curados cedo ou tarde se tornaram doentes mais graves.

E assim se processo em todas as dualidades.

É por isso que quem não ama Yin e Yang ao mesmo tempo, que procura a felicidade efémera, doentia, maquiavélica, nunca será feliz.
Somente quem procura a felicidade suprema, que ama tanto o Yin como o Yang, pode ser feliz, é por isso que todos os dualistas são infelizes.

Eis o segredo da felicidade revelado a todos os infelizes.
Mas não deixa de ser estranho que o conceito de felicidade suprema não exista sequer no dicionário, ele que apenas fala em felicidade efémera, doentia, que na realidade não passa da maior infelicidade.

domingo, 7 de junho de 2015

O QUE VOCÊS FIZEREM À GALINHA DOS OVOS DE OURO?


Eu ofereci-vos a galinha que põe ovos de ouro.
Milhares e dezenas de milhares de pessoas receberam esta galinha de braços abertos.
O ovo de ouro é a macrobiótica, que dá a verdadeira saúde, juventude, beleza, e melhor discernimento.
A galinha que põe os ovos de ouro é o Principio Único.
Mas nós encontramos entre as pessoas uma dúzia de categorias:

1º Os que não compreendem o valor desta galinha e dos seus ovos.
2º Os que deixaram fugir a galinha.
3º Os que estriparam a galinha para encontrar milhares de ovos.
4º Os que vendem os ovos por um preço alto (exploradores)
5º Os que pensam em não nutrir a galinha.
6º Os que comem os ovos sem compartilhar.
7º Os que guardam os ovos num cofre-forte.
8º Os que contemplam os ovos sem os consumir.
9º Os que não incumbam os ovos para distribuir os pintos.
10º Os que sempre me pedem uma galinha que ponha ovos mais grossos.
11 º Os que se esqueceram de agradecer.
12º Os que tem esta galinha inigualável, e que consomem regularmente os ovos e persistem insatisfeitos.
Aqui está porque existem tão poucas pessoas que entendem a importância do Principio Único. Que sabem usá-lo com sabedoria e distribui-lo gratuitamente.

- George Ohsawa -

sexta-feira, 5 de junho de 2015

O PROFESSOR SOICHIRO MUSHA FICOU COM CANCRO PROPOSITADAMENTE, E CUROU-SE


O Professor Soichiro Musha conheceu o professor George Ohsawa quando era ainda jovem. Ele era cientista, tendo estudado química e medicina. Foi professor na Universidade de Osaka. Ele era muito doente do estômago, rins, fígado, e quando começou a fazer Macrobiótica seguindo a orientação do professor George Oshawa, ele curou-se rapidamente.
O Professor Soichiro Musha ficou muito triste porque tinha melhorado com muita rapidez, rápido demais, segundo ele.
O carácter dele era de um jovem, muito Yang, apesar de ter mais de setenta anos de idade. Depois de se curar do estômago, rins, fígado, ele fez a tentativa de educar o povo japonês. Mas isso não era fácil. Ele fazia conferências e seminários em várias regiões do Japão. Ele falava e gritava para que o ouvissem, mas as pessoas pareciam surdas.
Esse líder macrobiótico sabia que a sua vida não ia durar para sempre, foi assim que ele decidiu: Ninguém quer escutar palavras? Então eu vou mostrar fatos! Eu vou contrair cancro e vou curar-me. Será a prova do que falo!
Então ele começou a provocar o cancro em si próprio. Assim ficou canceroso, ele confessou que não tinha sido nada fácil ficar doente. De fato foi uma luta durante dois anos de processo canceroso, tudo registado no seu laboratório.
Finalmente ele conseguiu ficar com cancro na bexiga.
Teve hemorragias, com presença de muito sangue na urina e foi detetado um cancro na bexiga.
Assim ele começou a praticar macrobiótica, e curou-se.

sexta-feira, 29 de maio de 2015

A LAPADA DE ALADIM - MÍNIMO DE ESTUDO, MÁXIMO DE SABEDORIA



O grande paradoxo do mundo moderno é que a informação disponível é cada vez maior, mas a miséria a doença e a violência cresce muito mais que o conhecimento e a informação.
A realidade é uma só, quanto maior a informação e o conhecimento disponíveis, muito maiores as crises e os problemas humanos. Quanto maior a informação maior é o inferno em que o homem vive.
A que se deve isso?
Á crença que cada fenómeno se rege por leis diferentes. Assim o ser humano vive na crença mais mentirosa alguma vez vista, utópica, catastrófica que a economia, a religião, a filosofia, a química, a politica, a advocacia, a medicina, o amor, a agricultura, a arquitetura, e todo e qualquer ramo do anteconhecimento humano, tem leis diferentes.
É a luta infernal de classes em que os que vivem nas classes superiores destroem a vida dos que vivem nas classes inferiores. Assim os médicos drogam, amputam, cozem e remendam a vitalidade dos seus doentes até a limite de suas forças; os professores, educadores, os média embrutecem, destroem, castram o cérebro dos seus alunos com drogas mentais, certezas mortais, dúvidas insolúveis e problemas sem fim; os juízes roubam a liberdade aos arguidos com leis que nem na selva existem, cada profissional, especialista à sua maneira rouba a alma da sua vítima, o dinheiro, o máximo que pode, tornando cada ser humano vitima da profissão alheia.
É isto que os civilizados chamam de sabedoria, o maior ideal da vida, que não passa da maior ignorância jamais vista, a mais cruel, e desumana.
Eles que não conhecem a lei que pode tornar qualquer um o melhor médico, o melhor juiz, o melhor politico, o melhor professor, o melhor profissional de qualquer profissão, O PRINCIPIO UNIFICADOR, como o mínimo de estudo e o máximo de compreensão, teórica e prática.
Eles que não conhecem o mundo da saúde absoluta, da justiça infinita, la liberdade eterna, apenas conhecem as leis do inferno, a sabedoria do diabo, a justiça da carnificina, e o amor das víboras.

domingo, 19 de abril de 2015

O OCIDENTE NÃO SABE PENSAR



"Aqui no Ocidente não existe o hábito de pensar, ou mais exactamente, não se sabe como pensar.
Existem 7 etapas de pensar como eu expliquei no Livro Filosofia da medicina do extremo oriente, estas 7 etapas dividem-se em duas etapas antagónicas e complementares.

1º------------------------------
1º Pensamento Mecânico
2º Pensamento sensorial
3º Pensamento sentimental
4º Pensamento Intelectual
5º Pensamento Social
6º Pensamento Ideológico

2º-------------------------------
7º Pensamento supremo

O pensamento supremo é único e absoluto, enquanto todos os outros pensamentos são relativos. Para cada questão nós devemos responder através do pensamento supremo na etapa do pensamento da filosofia do extremo oriente. É a resposta definitiva.
Existe no Japão e na china duas palavras para exprimir estas duas formas de pensar: Kangaeru (Pensamento supremo), e Omou ( os outros tipos de pensamento).
Kangaeru (Kan=Deus, gaeru=retornar a) significa pensamento supremo, pensamento de Deus, pensamento infinito.
Omou quer dizer pensar de forma relativa, do 1º à 6 etapa.
Os meus amigos Ocidentais pensam de maneira relativa sempre mecanicamente ou sensorialmente, por vezes intelectualmente, e é quase sempre o pensamento económico que decide o pensamento final.
Mas todos estes pensamentos relativos levam sempre à contradição e infelicidade."

George Ohsawa

domingo, 22 de fevereiro de 2015

A FACE E O DORSO DA CIVILIZAÇÃO MODERNA


A ciência é a base da civilização moderna, O DEUS MODERNO.
Ela é a mais grandiosa, a mais bela no domínio das ciências tecnologias, o maior deus alguma vez visto, onde não existe cérebro ou coração, rins ou fígado, ou uma pinga de sangue humano, nem uma só lágrima ou suspiro.
Mas ao mesmo tempo ela é a mais assassina, maléfica, arrogante e ignorante das ciências humanas de toda a humanidade, o pior diabo, o inferno em chamas.
Ela é o melhor deus e o pior diabo ao mesmo tempo.
É a misantropia generalizada ao homem e o amor sem fim ao materialismo inerte. É a maior sabedoria material de toda a história e a maior ignorância espiritual de todos os tempos.
É a civilização do maior conforto material, da felicidade finita e do maior desconforto vital, o desnorte generalizado, da infelicidade infinita.