sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

PACIFISMO BELICISTA

A palavra que sai da boca de cada um é o fator principal do destino individual e solidário .
Muitas pessoas escondem-se por detrás de palavras bonitas para encobrir intenções muito feias contra si mesmo ao contra os outros, de palavras pacifistas para encobrir intenções belicistas contra si próprios ou contra os outros.
Exemplos não faltam, não fosse o discurso brilhante da maioria dos lideres para encobrir a realidade ofuscante em que pretendem colocar os liderados, até na politica com a bonita intenção de crescimento econômico, a vida de muitos, fica a cada dia mais feia e decrescente, com a ideia de paz Europeia a vida da maioria dos europeus está a transformar-se numa guerra infernal de um contra todos, até mesmo a nível mundial com ideia da globalização as pessoas estão cada vez mais quadradas.
Se o ideal da globalização era tornar o ser humano mais global o resultado parece ter sido exatamente o oposto, pois a maioria das pessoas está cada vez mais parcializada e desintegrada em vez de globalizada, interligada.

A ORCA tem um modo de vida tão pacífico, sem nenhum sinal de violência entre eles, porém é o maior predador dos mares.

VIDA DE SONHOS FATAL



Muita gente queixa-se de falta de amor, dinheiro, felicidade, emprego, harmonia, tempo, saúde, paz, justiça, do pais, da Europa, do mundo e até de Deus ou da virgem maria, mas a realidade é bem diferente. A realidade é paradoxal, em geral condições maravilhosas produzem um péssimo destino.

Os pássaros de bico maior, que dão bicadas dolorosas, vivem em climas quentes, paradisíacos, harmoniosos com mais nutrição e conforto.
Se o tucano tivesse evoluído na fria Irlanda,o seu enorme bico teria sido muito menor e as suas bicadas muito menos dolorosas.

DITADURA, DEMOCRACIA E TRIOCRACIA


Democracia é quando dois idiotas discutem ideias que não funcionam. Ditadura é quando um imbecil impõe ideias ao outro/os que não funcionam.
TRIOCRACIA é um sistema onde se utiliza previdentemente a imbecilidade ditatorial, ou a democracia idiotizante para o des-envolvimento individual, conjugal e familiar na doença, miséria e violência, interligando a mentalidade e voluntariedade através do coração.