terça-feira, 28 de dezembro de 2010

MISTIFICAÇÃO DA MACROBIÓTICA - Tomio kikuchi


Muitas pessoas que tentam aplicar os princípios da Macrobiótica, ou seja, o Principio da Relatividade Absoluta, frequentemente se confundem com o conceito de Yin e Yang. Em muitos casos, há pessoas que fazem uso de palavras aparentemente inteligentes para se convencer a si mesmas e a outros de que eles \ estão efectivamente fazendo uso de Yin e Yang em suas actividades diárias, mas mesmo assim, parece que nada funciona. Elas imaginam que estão aplicando este princípio, mas na realidade tornam-se mais e mais fracas, frequentemente caindo nas armadilhas (armadilha do dinheiro, da profissão, etc.), nas quais todo o resto da sociedade está sempre a cair. A razão desta falha é que não há uma compreensão básica sobre o que é realmente Yin e Yang.
Mesmo os supostos líderes macrobióticos espalhados pelo mundo, frequentemente acham que Yin e Yang significa o mesmo que Bom e Mau, dependendo das circunstâncias. Se eles acham que uma pessoa está muito yin, eles lhe recomendarão yang. E, se lhes parece que uma pessoa está yang demais automaticamente recomendam yin. Isto é absurdo!
Esta compreensão a meias acontece por todo o mundo. Por exemplo: recentemente houve uma comemoração no Centro Macrobiótico do Japão, com a presença de Mme. Lima Ohsawa e de diversos ex-colegas e ex-alunos do Prof.Georges Ohsawa, nosso falecido mestre.
Algumas pessoas falaram ao microfone e, na minha vez, tive que declarar, publicamente, dúvidas sobre a compreensão básica deles de Yin e Yang, após tantos anos. Lembro-me de ter dito que o nosso Princípio Unificador nos diz que tudo que tem uma face tem um dorso. E que tudo que tem um começo, tem um fim. Estas são premissas básicas do Princípio Unificador, conforme formulado por Georges Ohsawa. "Pois bem", disse eu, "se isto é assim, então não pode haver paz sem guerra! Nem pode existir Deus sem Diabo ou felicidade sem desgraça! Não pode existir doença sem saúde e nem saúde sem doença! Portanto, continuei, que conversa é essa, de vocês, sobre paz, amor, felicidade e desenvolvimento espiritual como algo a ser conseguido através da Macrobiótica?
Yin e Yang são indivisíveis e simultâneos! E tudo uma questão de proporcionalidade entre um e outro! Incrivelmente, muitas pessoas ficaram surpresas e até chocadas com esta observação simples e óbvia.
Quando uma pessoa tenta praticar a Macrobiótica sem entender a simultaneidade básica da realidade, ela se torna cada vez mais frustrada, seja por causa da falta de resultados ou seja pela superficialidade dos efeitos dessa prática. Mas, como a sua "fé" na Macrobiótica é aparentemente forte (especialmente se ela depende, para sobreviver, de um restaurante ou loja de produtos macrobióticos ou de um centro de "estudos macrobióticos"), ela continua a enganar as pessoas com a saúde e a felicidade parciais e charlatanescas. E na medida em que se torna mais e mais frustrada com essa insuficiência de compreensão, ela torna-se mística e começa a imaginar como era a vida há muitos séculos ou, como será bacana o mundo dentro de dois mil anos. É exactamente esse tipo de discurso que faz com que os jovens sérios da actualidade rejeitem a Macrobiótica. E eles têm toda razão!
A tridimensionalidade de Yin e Yang é a chave para compreender e aplicar utilmente este princípio simples. É claro que a simultaneidade ternária vai estimular o aparecimento de diversas dúvidas entre os estudantes do Princípio Unificador.
Mas é assim mesmo que deve ser: a dúvida é a mãe da convicção e da compreensão autêntica. Não existe nenhuma outra porta para uma maneira útil de entender a realidade.
Onde quer que haja autêntica compreensão, existe uma dúvida muito maior ainda, sustentando permanentemente essa convicção!
Esta é uma maneira muito eficiente de se verificar a qualidade da compreensão de qualquer pessoa. Isso é especialmente válido hoje em dia, quando aparecem constantemente novos líderes e charlatães das mais variadas tendências.

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

A INFELICIDADE: DA FORÇA, DO CONHECIMENTO,DA FORTUNA E DA GLÓRIA

A INFELICIDADE: DA FORÇA, DO CONHECIMENTO,DA FORTUNA E DA GLÓRIA

Os que dependem da força, do conhecimento, da fortuna, da glória,etc.....tornam-se os heróis da tragédia, porque tudo isto não é mais que uma visão, imaginação ou imagem microscópica do mundo da "verdade" e porque os óculos coloridos dão a sensação enganosa da realidade e nos induzem a pensar que isto é verdade. Os nossos contemporâneos seguem com confiança a ciência que desenvolve em detalhe a realidade. Significa que eles são possuídos pelo "Demônio astuto", que eles chamam "Ciência". Eles se afogam sem saber num mar lamacento. Existem mesmo pessoas que recusam sair deste mundo chato, apegado-se ao mundo "real", miserável, efêmero, por prisões invisíveis tais como os sentimentos sociais ou humanos: ouro, fama, amor,etc.. por causa do seu mau discernimento, mesmo quando lhes mostramos o caminho do topo dafelicidade. Eles estão verdadeiramente apegados ao mundo do sofrimento. Eles ainda nem subiram a primeira etapa da montanha. Nós não podemos ser mais felizes a não ser que avançamos sobre a via única para o topo da felicidade,com a ajuda do íman precioso que é o Principio Unificador. É inútil ensinar este caminho do topo da felicidade a toda a gente, eu o fiz durante 30 anos. E cheguei a conclusão que é inútil. Por contrário é mais útil distribuir esta bússola, do Principio Unificador aos que merecem e a precisam.- George Ohsawa

A MAIORIA USA LINGUA BIPARTIDA COMO A COBRA

A MAIORIA USA LINGUA BIPARTIDA COMO A COBRA

O ser humano desenvolveu-se espectacularmente depois que descobriu o usa da palavra falada e principalmente escrita. Mas se a palavra é o foco e esperança da humanidade, hoje em dia ela é a origem focal das maiores catastrofes humanitárias. A maioria ainda não aprendeu a usar palavra inteira, interactiva, dinâmica, global, pois todos parecem usar apenas palavras bipartidas, extremistas, unilaterais, venenosas, quer sejam optimistas ou pessimistas. A cobra emite palavra venenosa pela lingua bipartida. Quem usa palavras unilaterais também sem querer ou por querer acaba envenenando a si mesmo e aos outros. Mas existe sempre o antidoto, que é a possibilidade de aprender a usar em cada frase o seu antonimo integrador, aglutinador, salvador.

CORRECÇÃO DOS 10 MANDAMENTOS DO CATOLICISMO:

CORRECÇÃO DOS 10 MANDAMENTOS DO CATOLICISMO:

1º- Amar a Palavra integral com o seu antónimo acima de todas as coisas.
2º - Não usar a sagrada Palavra em vão.
3º - Aproveitar domingos e festas para trabalhar mais ocultamente, vitalmente.
4º - Honrar a cabeça e intestino interligado pelo coração.
5º - Não matar a Palavra viva.
6º - Jejuar um vez a cada 15 dias.
7º - Não roubar tempo e espaço aos outros.
8º - Não se sentir ofendido pelos insultos nem vangloriado pelo elogios.
9º - Utilizar as adversidade como combustivél para a evolução interna e externa.
10º- Sentir o máximo de satisfação com o mínimo de informação e nutrição.

CATÁSTROFES MARAVILOHAS UTILIZÁVEIS-Vai aumentar,dença,miséria e violência

FESTIVIDADE PROVOCADORA-Eterna guerra entre desejo e necessidade

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

PALAVRA É SEMENTE


O que difere o ser humano dos animais é a sua linguagem, a sua palavra, quer escrita, quer falada, sem linguagem não precisariamos de desenvolver solidariedade nem de nos comunicar, só se comunica quem sabe falar, solidariedade é a arte da palavra. Mas a maioria ainda não sabe usar palavra salvadora, solucionadora, funcional, animadora, palavra integral, unificadora, magnética, ou usa palavra enroladora ou aprisionadora, ou usa apenas flores verbais atractivas enroladoras porém enganosas: como paz, amor e felicidade, que não duram muito tempo como as flores, pois murcham rápido, ou usa cadáveres verbais aprisionadores, odiosos, belicistas e infernizadores. Precisamos aprender a usar sementes verbais integrais, pois a semente, como o arroz integral que é semente e fruto ao mesmo tempo, isto é tem em si principio e fim interliagados. Passado e futuro, quem não usa sementes verbais, isto é palavra unificada com o seu antónimo, ou vive no futuro desligado do passado, e ai cai na imaginação e no utopismo irrealizável ou vive no passado desligado do futuro e ai fica preso ao passado sem esperança. Isto é, ou vive desesperado preso ao passado, com prisão de ventre mental ou cai na falsa esperança, sem confirmação, com diarreia mental .

TUDO É RELATIVO, INCLUSIVE A RELATIVIDADE


A teoria da relatividade diz: Que tudo é relativo". Esta teoria no entanto é apenas uma teoria hipotética, pois é muito parcial, unilateral e absolutista . Einstein seria mais razoável se tivesse dito: Tudo é Relativo, inclusive a própria Relatividade. O que significa que a relatividade também é relativa? Significa na realidade, que não apenas existe a relatividade, mas também o absolutismo. Qualquer teoria, religião, ciência, moral, principio que exclua o seu antagónico e complementar, está condenada ao desastre fatal. O que seria de nós se a vida fosse apenas relativa? Seria apenas caos sem ordem. o que seria de nós se a vida só tivesse ordem? Seria apenas ordem sem caos. Mas a vida não é apenas caos ou apenas ordem. Vida é caos ordenado. No Ocidente é o caos sem ordem, pois todo o pensamento Ocidental é empírico, caótico, mesmo a ciência que se diz cientifica, nada mais é que caos, os resultados estam á vista. Os Orientais vivem uma vida de ordem sem caos. Caos sem ordem é cepticismo, ordem sem caos é dogmatismo. É por isso que a maioria é inconfiável, indialógavel, irresponsável.
Dá para confiar numa pessoa céptica Ocidentalizada?
Dá para confiar numa pessoa dogmática Orientalizada?
Para não cair em nenhum dos dois lados unilateralmente, precisamos compreender que pessoa confiável, dialogável,responsável é aquela que aproveita a dúvida para desenvolver confiança provisória, ou aproveita a certeza, para através da dúvida, ampliar a certeza efémera.

TRIÁLOGO, A MAIOR FORÇA DO UNIVERSO


A linguagem é dualista, paz/guerra, amor/ódio, saúde/doença, riqueza/pobreza,felicidade/infelicidade e todos os demais antagonismos existentes. A maioria imagina que a paz existe desligada da guerra, o amor do ódio, a saúde da doença e como tal sempre prefere uma das duas partes antagônicas em prol da outra, a paz em prol da guerra, o amor em prol do ódio, a saúde em prol da doença, etc. Mas a realidade é que paz/guerra, amor/ódio, Saúde/doença, riqueza/pobreza, felicidade/infelicidade e todos os demais antagonismos existentes coexistem simultaneamente, proporcionalmente, indivisivelmente e reversivelmente, quem compreende isso vê a realidade de forma e função ternária, dinâmica e não monogâmica, isto é: a coisa em si o seu oposto e a simultaneidade, e como tal não desespera na pior situação, e tem cuidado quando tudo corre bem. Se o desespero funcionasse as instituições de caridade não proliferavam como cogumelos, se a euforia da paz amor e felicidade funcionasse, já estaríamos todos contaminados a caminho do paraíso perdido, mas na realidade paradoxal o que funciona é compreender a realidade ternária de forma e função paradoxal reversível e provisória.

PENSAMENTO INTEGRAL MUITA MAIS POSITIVO QUE O POSITIVISMO


Perante a péssima situação em que muita gente vive, o pensamento positivo floresce que nem cogumelos. Toda a gente quer ser positiva, optimista, alegre e feliz. Realmente, o positivismo é como cogumelos que crescem rápido e murcham ainda mais rápido. O que sustenta o rápido crescimento de um cogumelo é o frio, a sombra e a humidade. Também o que sustenta o positivismo são as esperiências vivenciadas negativas, dolorosas, sacrificadas, duvidosas, corrigidas. Alegria nada mais é que tristeza corrigida, felicidade nada mais é que infelicidade corrigida. Mas muita gente parece ter nascido já iluminado, a saber pensar, sentir e movimentar-se sozinho, por isso é incorrigível. Nascemos do útero bem escuro, só por esse facto já temos a possibilidade de nos iluminarmos.

O INTESTINO É O DEUS DA MEDICINA


Escupalio o deus da medicina tinha uma serpente numa vara que significa o intestino e e o seu poder de regeneração. A serpente renova toda a sua pele incluindo a dentadura.

3ª GUERRA MUNDIAL VERBAL, NINGUÉM ESCAPA


Desde que o ser humano começou a usar a palavra que a guerra fisica transformou-se em guerra verbal. A guerra que mais pessoas mata hoje em dia é a guerra verbal. A maioria corre dia e noite atrás do dinheiro, paz, amor e felicidade, ignorando o inimigo mais mortal e cruel que existe: A palavra. Mas se palavra é pior inimigo, ela também pode ser o foco da esperança da humanidade. Quem usa palavras desintegradoras, mesmo ficando rico, tendo sucesso, muito amor, caridade e capacidade é so questão de tempo para occorer o processo de desintegração vital, emocional e mental. Pois se o que existe de mais poderoso no mundo para unificar, solidarizar mente e corpo, interligado pelo coração é a palavra, não existe também nada de mais poderoso para desintegrar, infernizar, destruir e matar que a palavra. Palavra salvadora é palavra viva, com fibra, germinadora, interligada com o seu oposto e complementar. Que não sabe usar palavra germinadora, vai ter morte lamentável, inútil, escandalosa e dolorosa.

TEORIA EQUIVOCADA SOBRE O SISTEMA IMUNITÁRIO


Segundo o dogma científico, os glóbulos brancos são as células de defesa proporcionando imunidade ao corpo, são elas:
1. linfócitos
2. monócitos
3. neutrófilos
4. basófilos
5. eosinófilos
A ciência acredita que os glóbulos brancos são formados por mitose de glóbulos brancos pré-existentes dentro do tecido linfático, como os nódulos linfáticos, baço e medula óssea, mas como já expliquei anteriormente não existe um processo mitósico, mas sim uma fusão,portanto, e segundo os meus estudos, os glóbulos brancos, ou leucócitos
tem como função:
TRANSMUTAR-SE EM CÉLULAS TECIDUAIS DE TODOS OS ÓRGÃOS DO CORPO HUMANO
Resumindo: os glóbulos vermelhos transmutam-se em glóbulos brancos para formar novas células nos tecidos. O conceito ortodoxo de fagocitose, está baseado em observações equivocadas. Assim o chamado processo de fagositose é em realidade, o resultado da putrefacção dos glóbulos brancos e outras células nas quais surgiram espontaneamente bactérias. O conceito de fagocitose pressupõe que dentro do nosso organismo temos um arsenal belicista e que ao entrar
um inimigo ele imediatamente entra em acção, bombardeando-o.
Tal conceito é infantil e absurdo, nem a doença é inimiga, nem esse tal sistema belicista existe, constituído por glóbulos brancos, o que existe sim é simbiose, ajuda e apoio mútuo.

Professor Kikuo Chishima