sábado, 3 de junho de 2017

EU QUERO SER COMO O ÚTERO DA MINHA MÃE


O útero da minha mãe é a coisa que eu mais aprecio no universo inteiro, como ele é milagroso, sem igual, não conheço nada igual,nem neste nem no outro mundo.
Ele que recebeu apenas um único espermatozoide do meu pai e conseguiu só com um único espermatozoide, fazer dois olhos para eu ver com o terceiro olho o invisivel e tudo o que está escondido, duas orelhas para eu ouvir o que nunca foi dito e o que as orelhas não podem ouvir, duas narinas para eu respirar e me poder inspirar quando estou desesperado, uma boca para comer tudo o que mãe natureza oferece gratuitamente e falar o que nunca foi dito, todos os órgãos com solidariedade inacreditável, amor infindável entre si, e triliões de células que nasce e morrem infinitamente, permanecendo eternamente vivas.
Como é milagroso o útero da minha mãe, o mais milagroso do universo inteiro, por isso eu devo retribuir 10 mil vezes mais, senão o meu destino será o mais trágico do universo, com miséria, doença e infortúnio, eu que conheço a ordem do universo, por isso serei punido mais severamente, mil vezes mais que todos os outros, que trágica sorte a minha.
Eu não posso maltratar, agredir o meu corpo que é uma replica da mãe terra, senão eu sou um ingrato, criminoso da pior espécie, que merece ser punido pela ordem do universo sem dó nem piedade, que não agradece o esforço milagrosa da mãe terra, manifestado no útero da minha mãe de forma "pessoal", a minha Deusa preferida, que é uma replica perfeita da mãe terra, assim como o meu corpo é uma replica da terra mãe.
Por isso eu não bebo álcool, refrigerantes, whisky, coca cola, ou outros líquidos coloridos e falsificados da civilização moderna, eu só bebo o liquido ancestral, o mais antigo de todos, da mãe terra, como todas as plantas da mãe terra que só bebem agua celestial ancestral, aquecida pelos trovões e raios elétricos através das duas raízes, no inverno eu não bebo nada, apenas retiro da umidade celestial os líquidos que preciso da humidade do ar, eu que não quero afogar as minhas raízes portáteis que me permitem subir ao 7 ceu celeste.
Eu procuro imitar o mais que posso todas as plantas da mãe terra que não comem carne de espécie animal, mas que servem de alimento a todos os animais que direta ou indiretamente se alimentam das plantas, pois eu quer ser o alimento de todos os animais, principalmente os mais evoluídos, como o homem. Se eu me alimento de carne de qualquer espécie eu não posso realizar o meu sonho na perfeição de servir todos os homens.
Eu não como alimentos refinados, pois respeito a sabedoria da mãe terra, que eu aprendi dentro do útero materno da minha mãe, que não produz alimento algum refinado, pois tudo o que é refinado, não mais poderá voltar á terra mãe e renascer, pois eu quero permanecer imortal, como o são todas as sementes integrais do universo, que renascem na mãe terra.
O alimento que eu mais adoro são os cereais integrais, assim como o alimento que o útero da minha mãe mais adorava era o espermatose fértil, fecundo do meu pai, que é o existe de mais antagônico ao ovulo, da mesma maneira que o que existe de mais antagónico ao homem são os cereais integrais, eu tenho a boca em cima, e os cabelos em cima ligados ao ceu, é por isso que o cabelo não morre, a alma, o espirito é eterno, e eles, os cereais tem a boca em baixo e os cabelos em baixo, a minha cabeça é aproximadamente 7 vezes menor que o meu corpo, e nos cereais é o oposto, ah como eu adoro os cereais integrais que me permitem ver a luz celestial e permanecer enraizado na terra mãe, eles que são o alimento que pode tornar o homem no ser mais fértil do universo, mental, sentimental e fisicamente, que milagre são os cereais integrais.
A minha mãe era muito forte fisicamente, ancas largas, activa e incansável, nunca a vi descansar uma só vez em toda a minha vida, e para compensar, mentalmente, ela não sabia ler nem escrever, nem pensar ela fazia tudo o que lhe diziam sem nunca reclamar como uma Deusa o faz, é por isso que eu adora tanto as mulheres que não são sãbias, eu que adoro o utero da minha mãe, que sorte eu ter tido uma mãe assim, pois foi graças a ela que nasci fisicamente muito fraco, débil, foi graças a ela que eu descobri a macrobiótica que pode transformar somente o mais fraco no mais forte, com saúde indestrutível, que sabedoria milagrosa têm o útero da minha mãe, que milagre eu ter nascido tão fraco, graças a ela hoje eu não temo doença nenhuma, vírus de qualquer espécie ou tamanho e fico muito feliz quando fico doente, que milagre é o útero da minha mãe, que me deu possibilidade de saúde infinita.
Mas o útero da minha mãe, que é uma replica da mãe terra não me deu apenas a possibilidade de saúde infinita, deu-me algo muito maior ainda, mil vezes maior, incontáveis vezes maior.
A minha mãe era a mãe mais ignorante que eu já pude conhecer, pois não sabia ler, escrever ou mesmo assinar, por isso eu nasci muito ignorante, ignorante demais, nem andar eu sabia quando nasci, nem mamar, que ignorância a minha, que infelicidade tão grande, ter nascido tão ignorante, por isso quando eu aprendi andar sozinho, eu procurei os melhores mestres do mundo inteiro eu que era o mias ignorante de todos, eu não sabia nada de nada, então eu descobri o Professor Tomio Kikuhchi e o mestre George Ohsawa, é pois graças á ignorância da minha mãe que posso agora ensinar os 3 segredos da felicidade infinita, que eu aprendi por causa do milagroso útero da minha mãe, que é uma replica perfeita da terra mãe.
OS 3 SEGREDO DA FELICIDADE INFINITA QUE A MINHA MÃE ME ENSINOU

1ºSEGREDO – Aquele ou aquela que é amado, deve retribuir com mais amor, 10 mil vezes mais, como a mãe terra o faz, e o útero da minha mãe o fez em mim, senão o seu destino será de doença, infelicidade e miséria. Mas aquele ou aquela que é odiado, deve retribuir não 10 mil vezes com mais amor, mais infindáveis vezes, senão o seu destino será de doenças das piores que existem, infelicidade insuportável e miséria inacreditável.

2ºSEGREDO – Aquele ou aquela que é saudável graças á sua mãe, deve retribuir o segredo da saúde a 10 mil pessoas, como a mãe terra o faz, senão o seu destino será de doença, infelicidade e miséria. Mas aquele ou aquela que é doente, deve amar a sua doença e todas as doenças 10 mil vezes com mais amor que a saúde, senão o seu destino será de doenças das piores que existem, infelicidade insuportável e miséria inacreditável.

3ºSEGREDO – Aquele ou aquela que é rico graças á sua mãe, deve retribuir com felicidade infinita, amor eterno, e justiça absoluta, 10 mil vezes mais do que recebeu da sua mãe, como a mãe terra o faz, senão o seu destino será de doença, infelicidade e miséria. Mas aquele ou aquela que é pobre, deve retribuir não 10 mil vezes, mais infindáveis vezes, senão o seu destino será de doenças das piores que existem, infelicidade insuportável e miséria inacreditável.