sexta-feira, 11 de março de 2016

TUDO É MENTIRA, EXCEPTO O PRINCIPIO ÚNICO



Os juízes obrigam os seus arguidos a jurar dizer a verdade e só a verdade. É o principio da tragicomédia, o que disser a verdade será menos punido, terá a sua pena reduzida.
Mas como pode um juiz que não conhece a verdade obrigar outra pessoa a jurar dizer a verdade? É a maior mentira da justiça.
A verdade é invisível aos olhos, à boca e aos ouvidos dualistas ela somente pode ser vista, ouvida e falada pelos que conhecem a justiça do universo e o seu principio único, o monismo polarizável.

Os educadores obrigam os seus alunos a dizer somente a verdade nas escolas, nas universidades e nas suas teses de doutoramento ou mestrado. É o principio da loucura colectiva, o que disser a verdade será o guru dos cegos surdos e mudos, ganhará muito bem e viverá como um príncipe na terra e como um verdadeiro diabo no 7 ceu, sempre desnorteado.
O seu fim será mais trágico que o do mais ignorante deste mundo.
Pois quanto maior a inteligência adquirida pelas escolas, universidades, mais trágica será a sua vida.
É o preço a pagar pelo desconhecimento das leis do ceu e da terra, e do seu principio único, que não deixa ninguém violá-la por um só segundo.

Os médicos tratam os seus doentes baseados na verdade médica, que é como a lua, muda a cada ciclo.
É o principio do fim da humanidade, da esterilidade, da impotência e extinção da raça humana.
Como pode um médico tratar os seu queridos pacientes se não sabe sequer tratar a si mesmo da mais pequena doença?
Médicos que acreditam que as drogas por eles prescritas curam e as drogas que os toxicodependentes tomam matam.
Que duplicidade de critérios!!!
Eles que pensam que meio kilo de droga é melhor que um kilo.

Juizes, educadores e médicos são a esperança da humanidade, mas sem conhecer o principo único eles são a cada dia que passa o desepero de mais e mais pessoas, não restando actualmente quase ninguém que não tenha sido contaminado por algum deles.
A maioria já perdeu o juizo, outros perdem os orgãos, outros perderam o resto que ainda possuiam, a coisa mais preciosa, a cabeça.

É por isso que quanto mais primitiva for uma sociedade maior o numero de médicos, porque significa que os doentes são em numero muito maior.
Quanto maior o numero de educadores, mais ignorante é um sociedade, porque significa que essa sociedade não sabe autoeducar-se.
Quanto maior o numero de Juizes, menos juizo tem essa sociedade, o que significa que é sociedade ainda não têm juizo.

Mas os civilizados são muito contraditórios, pois eles afirmam, que quanto mais educadores, médicos e juzes, mais civilizada é essa sociedade.
Infelizes os que não conhecem o principio ùnico, que não sabem que quanto maior a face, muito maior será o dorso.
Quanto mais médicos, mais doentes, quanto mais leis, mais injustiça, quanto mais educadores, mais ignorantes, quanto mais juizes, muito pior a justiça.
É A JUSTIÇA SUPREMA DO UNIVERSO