sábado, 14 de julho de 2012

CONHECIMENTO É COMPLEMENTAR, RECONHECIMENTO É PRINCIPAL



Pessoas esforçadas não faltam hoje em dia, a maioria é assim. Pessoas essas que dedicaram mais de 20, 30, 40 anos da sua vida mais produtiva e fecunda ao estudo acadêmico, mas quando concluem a sua formação, reconhecem que tudo o que aprenderam tem pouca utilidade transformadora na sua própria vida, pois quem adquire conhecimento, sem reconhecer a utilidade desse conhecimento na sua vida diária, acaba sendo uma pessoa com muito conhecimento, mas desconhecendo a si mesmo, porque o principal é reconhecer em si mesmo tudo o que a gente aprende, quem não reconhece em si mesmo o que aprende, na realidade não está a aprender a viver, mas a desaprender o que é a vida, então quando surgem os problemas vitais, inexóraveis, confirma que tudo o que aprendeu não funciona, então reclama do sistema anónimo, por isso hoje em dia não falta pessoas que reclamem do sistema. Mas será que dá para reclamar para os lideres e responsáveis do sistema se também eles são vitimas do conhecimento inútil, que não ensina a reconhecer-se a si mesmo?

GOVERNAR A SI PRÓPRIO É PRINCIPAL, GOVERNAR OS OUTROS É COMPLEMENTAR



O sistema mundial está em crise generalizada, quase sem excepção todos os governantes e lideres políticos vivem em desespero pois não conseguem transformar os problemas dos seus povo em solução, sentindo o povo um ódio generalizado pelos governantes da esquerda á direita passando pelo centro, pois estes não sabem como inverter a catástrofe iminente dos seus países, que os ameaça com falência econômica, financeira e caos social crescente. A que se deve isto?
Ao dogma, que o principal é governar os outros, mas quem não sabe governar a si mesmo, vai mesmo com a mais bonita teoria econômica ou financeira, levar o seu pais á falência e ao caos social, pois o principal é o autogoverno, governar os outros é complementar.
Como pode uma mãe gerar um bebe com vitalidade se o seu leite é de qualidade péssima?

O DOENTE É PRINCIPAL A DOENÇA É COMPLEMENTAR



Médicos, cientistas, naturistas, acupuncturistas, massagistas e quase todos os demais gurus da cura estudam e pesquisam até á exaustam para conseguir descobrir a cura do cancro, da diabetes, da anemia e todas as demais doenças, mas todo esse sacrifício é inútil, ineficaz e acaba provocando a própria doença, pois o doente é que é o principal a doença é complementar, quem inverte não vai curar nada nunca, nem que Buda nasça de novo ou Jesus volte á terra prometida.
Por isso podemos dizer inequivocamente que o cancro não tem cura, a diabetes não tem cura, a anemia não tem cura, nunca tiveram e nunca terão, mas o doente canceroso, o doente diabético, o doente anêmico,etc podem transformar os seus hábitos provocadores em hábitos preventivos e assim conseguir o autrocontrole da vitalidade psicossomática, errando e corrigindo, evitando o erro fatal.

PENSAMENTO PRINCIPAL E COMPLEMENTAR



O pensamento analógico, simplificador, comparativo, baseado na observação da natureza é principal, o pensamento lógico, complicador, acadêmico, universitário, cientifico é complementar quem inverte vai enlouquecer, mesmo sendo doutor, professor, cientista, ministro, presidente ou mesmo filho de Deus.

DENTRO DO AMOR TAMBÉM EXISTE ÓDIO, SIMULTANEAMENTE



Nos desertos quentes do tipo saariano, entre os quais se inclui o australiano, a temperatura durante o dia pode chegar a mais de 49ºC no verão (57ºC no deserto de Darakil, na Etiópia); as noites, por outro lado, são frias ou quase geladas.
Por isso quem imagina que amor quente e ódio frio são duas coisas distintas, separadas, desintegradas é porque ainda não confirmou, não aprendeu nada com a natureza, apenas faz uso de palavras fúteis, robotizadoras, fruto da educação deformadora que não ensina a relacionar os fenômenos humanos com a natureza viva.

EXCESSO DE FELICIDADE, SAÚDE E RIQUEZA PERIGOSAS




Demora tempo a água fria ficar quente, mas a água quente transformar-se em vapor muito rápido.
O mesmo acontece com a felicidade, transformar infelicidade em felicidade demora tempo, mas a transformação de felicidade em infelicidade é muito rápida para quem não controla o fogo sentimental, demora transformar doença em saúde, mas a transformação de saúde em doença é rápida para quem não sabe controlar o fogo intestinal, demora a transformar pobreza em riqueza mas a transfonação de riqueza em pobreza é muito rápida para quem não sabe controlar o fogo verbal.

A ORIGEM DO POSITIVO É O NEGATIVO



São os eletrões carregados de energia negativa que ao percorrer centenas de milhões de círculos de orbitas espirálicos centrípetas durante milhões de anos em direção ao centro que se transformam em protões positivos, chegando ao centro acumulam energia positiva e formam o primeiro átomo, o átomo de hidrogênio, que é o elemento principal do sol. Saturado de energia o protão se transforma em neutrão com a energia dos eletrões que passam a grande velocidade, assim um átomo dá origem a outro sucessivamente.
Não existe portanto no nosso mundo relativamente absoluto maneira de escapar da infalibilidade da doença potencializadora da vitalidade, da duvida estimuladora da convicção, do medo encorajador, do desiquilíbrio reequilibrador, do ódio amoroso, do problema solucionador, da pobreza enriquecedora, da guerra pacificadora, da morte vivificadora.

A IMPOTÊNCIA DA SOLIDARIEDADE E DO INDIVIDUALISMO



Perante as ameças sistêmicas do sistema invertido, confuso, perverso, as pessoas comportam-se de forma extremada: salve-se quem puder ou vamos salvar o mundo.
Salvadores idiotas da desgraça alheia não faltam hoje em dia, imaginado ser possível a salvação colectiva, na esperança de receber no final o troféu de bem intencionado desgraçado. Outros mais egocentristas imaginam que a solidariedade é uma coisa demagoga, utópica e que o importante é salvar-se a si mesmo e os outros que vão todos para o inferno. Mas na realidade ninguém pode evoluir sem o outro, mas imaginar que a nossa salvação dependa principalamente do outro é candidatar-se a vitima impotente. Quem quiser se salvar e evoluir deve usar a sua individualidade, mas independente que dependente, mas simultaneamente interagir com o minimo de pessoas que queiram utilizar a duvida convicta para potencializar a mentalidade, a doença consciente para o autofortalecimento da vitalidade e os desencontros, desentendimentos para aprender a se encontrar, e entender melhor, pois quem assim não o fizer vai ser vitima do destino compulsório, em vez de sujeito activo do seu processo de fortalecimento da individualidade solidári

NÃO EXISTE SAÚDE PARCIAL



Muita gente faz mamografias, eletrocardiogramas, biopsias, toque retal, analises ao sangue, e mais uma carrada de exames caros, inúteis, para saber do estado de um órgão especifico. Mas isso é misticismo médico.
Todos os órgãos e funções do corpo funcionam interligadamente, principalmente ás funções intestinais e são nutridos pelo sangue que é produzido no intestino.
A importância do funcionamento intestinal sobre as funções mentais e psíquicas é há muito conhecida: "Mens sana in corpo sano", porém muito poucos percebem o significado da importância do sistema intestinal. Não existe saúde apenas física ou saúde apenas mental. A saúde completa psico-fisica é resultado das condições intestinais normais.

OÁSIS VITAL



A vida é como um deserto, apesar das multidões que nos rodeiam, todos estamos sozinhos, mas nem por isso os Catos do deserto deixam de manter a sua frescura e é somente no deserto que encontramos oásis.

DESTINO OU ESTILO DE VIDA?



Muita gente acredita no destino, como se o destino fosse somente fruto da centelha divina e não principalmente o resultado dos hábitos e estilo de vida psicossomática. Não é por acaso que as pessoas jogam na lotaria para mudar o destino de um dia para o outro, sem se preocupar minimante em mudar o estilo de vida consumista.
Não é por acaso que as pessoas comem tudo o que desejam, apostando que a medicina um dia tenha cura para seu estilo de vida descontrolado.
Não é por acaso que as pessoas se tornam partidárias, clubistas, religiosas, ou fanáticas de um qualquer ismo, acreditando sair inteiras, integras, com destino vital de ideais fragmentados, incompletos, sectários, unilaterais.
Mas como é que se pode acreditar numa coisa que não temos o minimo de controle: o destino, desvalorizando o estilo de vida que condiciona a maior parte do nosso destino.

QUEM PROCURA CERTEZAS NUM MUNDO INCERTO VAI ENLOUQUECER



Como é que se pode acreditar numa ciência que procura certezas sem valorizar as incertezas?
Como é que se pode acreditar na educação certa que não valoriza as dúvidas?
Como é que se pode acreditar na certeza amorosa que não valoriza a incerteza dos batimentos cardiacos?
A coisa mais atrativa que existe é o sol, porque?
O sol tem a forma e função mais incertas que existe, e é a coisa que mais dependemos e das quais mais condiciona a nossa vida.

O PROBLEMA É DEPOIS DE ATINGIR O OBJECTIVO



Muita gente trabalha exageradamente, esforçando-se demais, patologicamente, fatalmente para depois ter uma velhice tranquila. Mas atingir os objetivos é o que há de mais perigoso, os morangos depois de maduros apodrecem rápido.

QUEM DESCONHECE A SUA CAPACIDADE TORNA-SE INCAPAZ



O ser humano existente é muito superior a Deus inexistente. Os milagres humanos, normais são incomensuravelmente muito superiores aos milagres de Deus, anormais.
A potencia vital humana é muito superior à impotência do vírus, bactérias e células cancerosas. Os milagres do corpo são incomensuravelmente muito superiores aos milagres da medicina desastrosa.
A potência mental humana é muito superior á impotência monetária. Os milagres do pensamento compreensíveis são incomensuravelmente muito superiores aos milagres do dinheiro, incompreensíveis, despotencializadores das pessoas, insensibilizadoress.

INTEGRALIDADE - O MAIOR SEGREDO DA HUMANIDADE



Hoje em dia predomina a desintegração generalizada, quase tudo o que observamos está desintegrado ou em vias de desintegração, é raro encontrar alguém inteiro, integral, integro.
TRABALHO - Os trabalhadores trabalham demais e ficam exaustos, os preguiçosos são relaxados de mais e quase adormecem, mas é difícil encontra pessoas que consigam relaxar no trabalho, produzindo o máximo com o minimo esforço.
ESTUDO - Os inteligentes estudam até á exaustam como se fossem bibliotecas ambulantes, decorando tudo sem compreender nada do que estudam e esquecendo rápido tudo o que decoraram, os ignorantes estudam pouco, mas é difícil encontrar um ignorante que estuda pouco e que valha a pena falar, comunicar, compreendendo o máximo com o minimo de estudos.
AMOR - Os amorosos esforçam-se demais para viver para o outro querendo satisfazer todos os desejos do amado, acabando por atraiçoar a si mesmo e no fim sendo vitima , os egoístas fazem muito pouco esforço pelo parceiro, mas é difícil encontra alguém que valha a pena conviver sentimentalmente, satisfazendo principalmente as necessidades outro com o minimo de amor e o máximo de fertilidade.

DEMOCRACIA É ROUBO FATAL



Todos os sistemas democráticos são antropofágicos, sobrevivem ás custas das três desgraças humanas, a saber: doença, miséria e violência. E qual é a solução que os sistemas democráticos encontraram para solucionar o problema?
HOSPITAIS - É o único lugar onde é permitido roubar a vida de outra pessoa legalmente.
FINANÇAS - É o único lugar onde é permitido roubar dinheiro a outra pessoa de forma legal.
TRIBUNAIS - É o único lugar onde é legal roubar a liberdade de outra pessoa.
Por isso hoje em dia já ninguém acredita no sistema ladrão, que rouba dinheiro, a vida e a liberdade das pessoas. Para sobreviver a este sistema maldito, é preciso desenvolver hospitalidade com a doença, preservar as finanças vitais, sustentando as nossas quatro liberdades fundamentais: como o pensamento, respiração, movimentação e nutrição.

MEDO CORAJOSO É MELHOR QUE CORAGEM MEDROSA



Toda a gente imagina que o medo é algo mau, inútil e um sentimento de pessoas cobardes. Mas a maioria das pessoas corajosos na realidade não tem coragem verdadeira, apenas desconhece e não tem é percepção do perigo, e enfim quando se confronta com o perigo fica muito medrosa, entra em pânico. É o caso tipico das pessoas que não tem medo nenhum de comer tudo o que lhes apetece, mas quando lhes acontece o que não lhes apetece como o caso da doença, entram em pânico mostrando que aquela coragem na realidade nada mais era que uma coragem medrosa, cobarde. Já a pessoa que tem medo de comer determinados alimentos apesar de aparentemente medrosa mostra coragem vital, fisiológica, fortalecendo o coração que é a fonte da coragem sobrevivente.

CURA FATAL



A cirurgia de um tumor canceroso, considerada bem sucedida na realidade não elimina a causa, pelo contrário, tende a acentuá-la, fazendo alastrar a doença pelo organismo inteiro. 
Numa cidade que produza muito lixo, se eliminar-mos os contentores de lixo, o lixo vai-se espalhar pela ruas e vai contaminar a cidade inteira.

QUEM CONFUNDE CAUSA E EFEITO CONFUNDE TUDO



Quem imagina que estudando muito vai ficar mais inteligente, vive na mais perfeita estupidez e idiotice, pois a causa da inteligencia não é o estudo, mas a dúvida aplicada.
Quem imagina que trabalhando muito vai ficar rico, vive na maior miséria, pois a causa da riqueza não é o trabalho, mas a aplicação prática da palavra viva, integral.
Quem imagina que comendo uma dieta muito nutritiva vai ter mais saúde, vive doente, pois a causa da saúde nada tem a ver com o valor nutricional do alimentos, mas com a capacidade transmutacional, digestória do minimo de nutrientes.

SIMPLICIDADE PODEROSA E COMPLEXIDADE IMPOTENTE



Vivemos numa era de confusão geral, onde cada ramo do conhecimento virou uma ciência. A ciência virou uma moda que não vai durar muito tempo como qualquer outra moda, qualquer coisa que se queira provar, basta dizer que está cientificamente provado para virar lei universal. Mas ser cientifico nada tem a ver com verdade, muito menos com verdade universal, pois o que a ciência faz nada mais é que tornar complexo o que é simples. Quando a verdadeira ciência deveria ser tornar simples o que é complexo. Por isso quem é confuso, complicado enriquece ás custas de gente simples.
O sol apesar do seu poder iluminador, salvador é constituído principalmente de hidrogênio, que é o elemento mais simples da tabela periódica, apesar da sua simplicidade, o sol pode ajudar a desencadear toda a complexidade de fenômenos vivos.
Enquanto o conhecimento humano partir da complexidade para descobrir o simples a humanidade vai viver na mais profunda escuridão, doença, miséria e violência, pois a solução dos problemas com que a maioria se confronta só pode ser resolvida partindo da simplicidade para a complexidade.

AGRICULTURA QUIMICA - MÁXIMO DE DESPERDÍCIO MINIMO DE NUTRIENTES



Através de análises de laboratório descobriu-se que os vegetais precisam entre outros elementos de nitrogênio, potássio e cálcio. Apartir disto, o pensamento dualista e mecânico dos cientistas concluiu que era preciso agregar estes nutrientes na terra para que ela produzisse as culturas desejadas.
Esquecendo-se que tudo o que tem uma frente tem um dorso, e que quanto maior a frente muito maior o dorso. O dorso desta atitule é que terras assim tratadas (adubadas), exige quantidades cada vez maiores de destes componentes para produzir colheitas com cada vez menos nutrientes, embora de aparência vistosa e atraente.
O que enfraquece o solo e o organismo não são na maioria dos casos a falta de nutrientes, mas sim a destruição da sua capacidade de autoregeneração.

PORQUE O AMOR INÚTIL NÃO FUNCIONA?



Muita gente imagina que amor é estar sempre perto da pessoa amada, beijando-se a toda a hora, dormir sempre juntos, mas isso é gravíssimo, essa é a causa principal dos desamores, divórcios. 
O que acontece quando duas pilhas de cargas opostas estão sempre ligadas ineteruptamente?
As pilhas descarregam-se, assim também acontece com o homem e a mulher, que imagina que amor é bom e ódio é mau.
Mas a realidade é bem diferente, é o ódio controlado que impede que as pilhas não se descarreguem precocemente.
Embora quando duas pilhas estejam ligadas possa haver luz, por vezes é preciso desligar o interruptor para que possa continuar a existir luz.
A diferença entre as pilhas e o ser humano, é que o ser humano é feito de pilhas recargáveis, mas para isso é preciso aprender a separar para unificar mais.

UNIÃO DESUNIFICADORA E DESUNIÃO UNIFICADORA



Um dos dogmas aceites universalmente é que a união faz a força. Mas a natureza interna e externa não funciona assim. Será que é possível o sol e a lua unirem-se, unificarem-se, misturarem-se?
Será que o verão e o inverno algum dia se vão unificar, misturar?
Será que o dia e a noite podem unificar-se, misturar-se?
Será que o homem e a mulher podem unificar-se alguma vez?
Será que a união Europeia pode existir unificada como muitos utopistas esquizofrénicos pretendem?
Quem imagina que a união faz a força, é porque ainda não confirmou a desunião dos estados E.U.A.,que é onde existe a maior desunificação no planeta, desde a miséria, que é desunificação entre ricos e pobres, à violência, que é desunificação entre homem e mulher, à doença quase generalizada dos seus cidadãos, que é a desunificação entre cabeça e corpo.
Mesmo os portugueses tem uma frase que diz: O povo unido nunca mais será vencido.
Mas qual foi o resultado da união do povo, passados 25 anos?
Maior desunificação no ensino, onde cada vez mais os alunos vivem desunificados dos professores, maior desunificação na justiça, onde cada vez mais os mais injustos sofrem menores punições que os mais injustos, onde cada vez mais o sistema de saúde desunifica e desmembra os doentes.
É graças a desunificação entre o sol e a lua, que podemos ter a lua inspiradora o sol iluminador.
É graças a desunificação entre homem e mulher que podemos que podemos ter a mulher materializadora e o homem idealizador, realizar o céu na terra.
É graças a desunificação entre os diversos países, que podemos usufruir a riqueza que provém dos países mais frios e a cultura que provém do países mais quentes e pobres.
Ao unificar,misturar rico e pobres, todos ficam pobres. Ao unificar,misturar homem e mulher a espécie humana corre o risco de infertilidade generalizada.
PARADOXALMENTE É A DESUNIÃO QUE POTENCIALIZA A ACÇÃO FERTILIZADORA E A UNIÃO QUE POTENCIALIZA A ACÇÃO ESTERILIZADORA.