terça-feira, 28 de dezembro de 2010

MISTIFICAÇÃO DA MACROBIÓTICA - Tomio kikuchi


Muitas pessoas que tentam aplicar os princípios da Macrobiótica, ou seja, o Principio da Relatividade Absoluta, frequentemente se confundem com o conceito de Yin e Yang. Em muitos casos, há pessoas que fazem uso de palavras aparentemente inteligentes para se convencer a si mesmas e a outros de que eles \ estão efectivamente fazendo uso de Yin e Yang em suas actividades diárias, mas mesmo assim, parece que nada funciona. Elas imaginam que estão aplicando este princípio, mas na realidade tornam-se mais e mais fracas, frequentemente caindo nas armadilhas (armadilha do dinheiro, da profissão, etc.), nas quais todo o resto da sociedade está sempre a cair. A razão desta falha é que não há uma compreensão básica sobre o que é realmente Yin e Yang.
Mesmo os supostos líderes macrobióticos espalhados pelo mundo, frequentemente acham que Yin e Yang significa o mesmo que Bom e Mau, dependendo das circunstâncias. Se eles acham que uma pessoa está muito yin, eles lhe recomendarão yang. E, se lhes parece que uma pessoa está yang demais automaticamente recomendam yin. Isto é absurdo!
Esta compreensão a meias acontece por todo o mundo. Por exemplo: recentemente houve uma comemoração no Centro Macrobiótico do Japão, com a presença de Mme. Lima Ohsawa e de diversos ex-colegas e ex-alunos do Prof.Georges Ohsawa, nosso falecido mestre.
Algumas pessoas falaram ao microfone e, na minha vez, tive que declarar, publicamente, dúvidas sobre a compreensão básica deles de Yin e Yang, após tantos anos. Lembro-me de ter dito que o nosso Princípio Unificador nos diz que tudo que tem uma face tem um dorso. E que tudo que tem um começo, tem um fim. Estas são premissas básicas do Princípio Unificador, conforme formulado por Georges Ohsawa. "Pois bem", disse eu, "se isto é assim, então não pode haver paz sem guerra! Nem pode existir Deus sem Diabo ou felicidade sem desgraça! Não pode existir doença sem saúde e nem saúde sem doença! Portanto, continuei, que conversa é essa, de vocês, sobre paz, amor, felicidade e desenvolvimento espiritual como algo a ser conseguido através da Macrobiótica?
Yin e Yang são indivisíveis e simultâneos! E tudo uma questão de proporcionalidade entre um e outro! Incrivelmente, muitas pessoas ficaram surpresas e até chocadas com esta observação simples e óbvia.
Quando uma pessoa tenta praticar a Macrobiótica sem entender a simultaneidade básica da realidade, ela se torna cada vez mais frustrada, seja por causa da falta de resultados ou seja pela superficialidade dos efeitos dessa prática. Mas, como a sua "fé" na Macrobiótica é aparentemente forte (especialmente se ela depende, para sobreviver, de um restaurante ou loja de produtos macrobióticos ou de um centro de "estudos macrobióticos"), ela continua a enganar as pessoas com a saúde e a felicidade parciais e charlatanescas. E na medida em que se torna mais e mais frustrada com essa insuficiência de compreensão, ela torna-se mística e começa a imaginar como era a vida há muitos séculos ou, como será bacana o mundo dentro de dois mil anos. É exactamente esse tipo de discurso que faz com que os jovens sérios da actualidade rejeitem a Macrobiótica. E eles têm toda razão!
A tridimensionalidade de Yin e Yang é a chave para compreender e aplicar utilmente este princípio simples. É claro que a simultaneidade ternária vai estimular o aparecimento de diversas dúvidas entre os estudantes do Princípio Unificador.
Mas é assim mesmo que deve ser: a dúvida é a mãe da convicção e da compreensão autêntica. Não existe nenhuma outra porta para uma maneira útil de entender a realidade.
Onde quer que haja autêntica compreensão, existe uma dúvida muito maior ainda, sustentando permanentemente essa convicção!
Esta é uma maneira muito eficiente de se verificar a qualidade da compreensão de qualquer pessoa. Isso é especialmente válido hoje em dia, quando aparecem constantemente novos líderes e charlatães das mais variadas tendências.